Foram batidos os máximos anteriores. Mais de três milhões de pessoas desfilaram nas Avenida Paulista e da Consolação, domingo. Esta é a primeira Parada LGBT depois da tomada de posse de Jair Bolsonaro, um Presidente manifestamente homofóbico. Daí que a maior manifestação mundial de orgulho gay tenha sido, este ano, ainda maior.

O Presidente do Brasil e o seu Governo foram os alvos de todas as críticas, quer nas intervenções políticas quer através de faixas e cartazes com o rosto de Bolsonaro e a frase – ele não, ou autocolantes com a inscrição – LGBTs Contra Bolsonaro, ou palavras de ordem, como – preconceito tem cura –  ironizando o facto de os evangélicos, apoiantes do Chefe de Estado,  considerarem que a homossexualidade ou o lesbianismo são uma doença e que tem cura, em alguns casos espiritual.

Ouvidos pelos muitos repórteres que acompanharam o desfile, os manifestantes também não pouparam o bolsonarismo.

No entanto, o evento foi, sobretudo, uma manifestação de música e dança, colorida pelas bandeiras arco-iris, bem como pelos trajes cintilantes e fantásticos.

O tema do desfile foi os – 50 Anos de Stonewall: Nossas conquistas, nosso orgulho de ser LGBT. Uma homenagem aos protestos ocorridos na cidade de Nova Iorque, em 1969, depois de acções violentas de agentes da Polícia contra frequentadores de um bar gay.

Não obstante o Supremo Tribunal Federal ter considerado a homofobia um crime, os gays, lésbicas, bissexuais e transgéneros vivem um clima de medo, depois da tomada de posse de Jair Bolsonaro.

O Brasil detém o recorde de assassinatos de pessoas LGBT. Este ano já foram assassinadas, no país, 126 pessoas devido às suas tendências sexuais.

Comentar

Comentários   

0 # Stevkabeak 11-10-2019 04:56
Propecia Leberschaden I Need Viagra Overnight Delivery finasteride 5 mg online cheap Canesoral Kamagra Alcool Amoxicillin Causing High Blood Pressure
Responder | Responder com citação | Citar
{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Um milhão de euros para apoiar Presidenciais guineenses

A União Europeia vai apoiar a realização das eleições Presid...

Guiné-Bissau    02 outubro 2019

Prata para Portugal nos Mundiais de Atletismo

O atleta português João Vieira, de 43 anos, conquistou a med...

Portugal    01 outubro 2019

Empresa internacionais deixam de comprar produtos brasileiros

Entre essas firmas, encontram-se as marcas Timberland, Vanda...

Brasil    29 setembro 2019

Seca agrava-se no Sul de Angola

A falta de chuva está a afectar mais de dois milhões de pess...

Angola    27 setembro 2019

Pesticidas matam milhões de abelhas no Brasil

São milhões os enxames que desapareceram no sul do país. A r...

Brasil    25 setembro 2019