O Primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe inaugurou, oficialmente, no último dia cinco, a Embaixada do país na República Popular da China. Patrice Trovoada, acompanhado pela esposa, Nana Trovoada, pelo ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Urbino Botelho, pelo ministro das Finanças e Económica Azul, Américo Ramos, e outros responsáveis visitaram a primeira Embaixada de São Tomé e Príncipe em Pequim. Uma vista na qual foi cicerone a Embaixadora são-tomense no país Isabel Domingos.

Durante a sua visita à capital chinesa o chefe do executivo do país de expressão portuguesa esteve com jovens são-tomenses que se encontram a estudar no país asiático.

São Tomé e Príncipe e a China reestabeleceram relações diplomáticas em dezembro de 2016, depois do país Lusófono cortar relações com Taiwan, ou Formosa, em português, que os chineses reivindicam como sendo seu território. Em abril de 2017 a China reabria a sua representação diplomática no país africano de Língua Portuguesa. 

A China é, atualmente, um dos principais financiadores dos PALOP. 

 

(Foto: @MNECSTeP)

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

CEDEAO quer fim de contenda eleitoral

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que ...

Guiné-Bissau    12 fevereiro 2020

Novo governo moçambicano toma posse

Tomou posse, dois dias depois da investidura de Filipe Nyusi...

Moçambique    18 janeiro 2020

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019