O Primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe inaugurou, oficialmente, no último dia cinco, a Embaixada do país na República Popular da China. Patrice Trovoada, acompanhado pela esposa, Nana Trovoada, pelo ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Urbino Botelho, pelo ministro das Finanças e Económica Azul, Américo Ramos, e outros responsáveis visitaram a primeira Embaixada de São Tomé e Príncipe em Pequim. Uma vista na qual foi cicerone a Embaixadora são-tomense no país Isabel Domingos.

Durante a sua visita à capital chinesa o chefe do executivo do país de expressão portuguesa esteve com jovens são-tomenses que se encontram a estudar no país asiático.

São Tomé e Príncipe e a China reestabeleceram relações diplomáticas em dezembro de 2016, depois do país Lusófono cortar relações com Taiwan, ou Formosa, em português, que os chineses reivindicam como sendo seu território. Em abril de 2017 a China reabria a sua representação diplomática no país africano de Língua Portuguesa. 

A China é, atualmente, um dos principais financiadores dos PALOP. 

 

(Foto: @MNECSTeP)

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Há 500 anos começava a primeira viagem de circum-navegação

Há 500 anos o português Fernão de Magalhães e o espanhol Seb...

Portugal    10 agosto 2019

Angola e Cabo Verde acordam fim da dupla tributação

Os governos de Angola e Cabo Verde assinaram, quinta-feira e...

Geral    09 agosto 2019

Umaro Sissoco Embaló é candidato às Presidenciais

O MADEM-G15, Movimento para a Alternância Democrata – G15, r...

Guiné-Bissau    09 agosto 2019

Angola aprova criação de passaporte eletrónico

A Assembleia Nacional de Angola aprovou, por unanimidade, e ...

Angola    09 agosto 2019

PortoCartoon 2019 celebra Direitos Humanos em Campo Maior

O Centro Ciência do Café, na cidade portuguesa de Campo Maio...

Portugal    05 agosto 2019